As Ilhas de Stresa - O lago Maggiore na Itália
Postado por Carol Capel, no dia 20 November 2017
O lago Maggiore é o segundo maior lago italiano e fica no norte da Itália, pertinho da nossa casa e perto do aeroporto de Milão o Malpensa e a menos de 70 quilômetros do centro de Milão. (a cidade de Stresa tem estação de Trem então dá para chegar lá rapidinho pegando o trem regional. Para entender como faz para usar os trens na Itália, clique aqui
São mais de 30 lindas cidades ao redor do lago e 3 românticas ilhas para você conhecer e desfrutar de um cenário único e pra lá de especial.

Gravamos dois vídeos lá nas ilhas de Stresa: 



Como ir de Milão para o lago Maggiore:
De carro, é só pegar a A8 e a A62 e pagar em torno de € 4 de pedágio.

De trem, saindo da Estação Central ou da Porta Garibaldi, os destinos são: Arona (sobre Arona vamos falar em breve, porque fomos lá e amamos!), Meina, Belgirate (Belgirate não tem nada! Então nem perca seu tempo), Stresa, Baveno e Verbania.

Se você quiser conhecer as três ilhas, é melhor descer em Stresa.

Para conhecer as cidades ao redor do lago, a dica é começar pela mais próxima de Milão, a charmosa Arona.

Os bilhetes custam entre € 6 e € 10 (ida) e não precisam ser comprados com antecedência, você pode comprar ali na hora no guichê mesmo. O preço é sempre o mesmo, comprando com antecedência ou na hora.


Passeio de barco pelo lago Maggiore

São duas as opções de transporte pelo lago: o barco público e os barcos privados.
Os barcos privados que saem de Stresa cobram € 10 pelo passeio para a Ilha Bella e a Ilha Madre e € 15 para fazer as três ilhas: Ilha Bella, Ilha Madre e Ilha Superiore (dei pescatori). Os barcos passam na Ilha Bella e na Ilha Madre a cada hora e na Ilha Superiore a cada 30 minutos. Você decide o tempo que quer ficar em cada ilha. O último barco com destino a Stresa sai às seis da tarde.


Isola Bella – até o começo do século XVII, a ilha, com duas igrejinhas e uma horta, era habitada por pescadores. Em 1632, o conde Vitaliano Borromeo (por esse motivo as ilhas são conhecidas como Ilhas Borroméias) deu início à construção de um majestoso palácio e de um jardim, que levaram mais de 300 anos para serem construídos.
A entrada na ilha Bella é gratuita, no entanto, o bilhete para visitar o palácio e o jardim Borromeo da ilha Bella custa € 15 e estava fechado no dia que fomos. 


Isola dei Pescatori – a única das três ilhas que é habitada. A vila tem pouco mais de cinquenta habitantes e é caracterizada por vielas encantadoras e restaurantes charmosos com vista para o lago.

O Lago Maggiore é um destino turístico muito procurado devido ao seu clima, seus famosos resorts, suas montanhas e suas muitas atrações, tanto do ponto de vista artístico e cultural quanto por suas paisagens. 


É uma linda área situada entre as montanhas que surpreende até mesmo por seus jardins povoados por plantas exóticas de espécies raras que podem viver aqui graças ao clima ameno, tanto no verão quanto no inverno.

Não se esqueça que passear na Itália é mais pra velhinhos, não traga as crianças aqui, principalmente se elas forem cheias de energia porque não tem NADA para elas. É um passeio mais para as adolescentes Tumblr e para adultos. Durante o verão é possível nadar no Lago Maggiore, aí eu acho mais adequado para as crianças.