O que eu fui fazer em Vegas?
Postado por Carol Capel, no dia 02 September 2017
Oi galera, tudo bem?

Eu fui convidada pelo Visit Las Vegas para conhecer os enormes painéis solares do Deserto de Las Vegas. Essas instalações super secretas e de difícil acesso foram renovadas em março de 2016 e resolveram os problemas de falta de energia elétrica na cidade de Vegas. 


A energia solar continua ficando mais barata, mas há uma razão pela qual os serviços públicos ainda se voltam para os combustíveis fósseis: é caro armazenar energia solar para uso durante a noite ou em um dia nublado, momentos em que a energia solar não funciona. Mas uma nova e maciça planta solar, espalhada por mais de 1.670 hectares perto de Las Vegas, foi projetada para resolver esse problema. Fornece energia sob demanda, mesmo quando está escuro.

No meio do deserto de Nevada, o novo Projeto de Energia Solar da Crescent Dunes é coberto com mais de 10.000 espelhos, cada um do tamanho de uma pequena casa, que acompanham o sol ao longo do dia e focalizam em um receptor cheio de sal derretido. O sal, aquecido a quase 1.000 graus Fahrenheit, armazena energia como calor, por isso está sempre pronto quando é necessário. Quando a grade precisa de energia, o calor no sal é liberado para transformar a água em vapor, o que impulsiona os geradores a produzir energia. Isso pode acontecer se o sol está brilhando ou não.

"Quer seja durante o dia ou durante a noite, ele fornece um poder estável de base-carga", diz Kevin Smith, CEO da SolarReserve, que deu uma entrevista para mim. "Se você tiver um pouco nuvens que atravessa o deserto às três horas da tarde continuamos operando em 110 megawatts. Nós não sentimos uma batida, e a utilidade não vê flutuações na potência ao longo do dia".

380 Pessoas formaram a comitiva de Influencers e jornalistas que foram conhecer esse local. O intuito: ajudar a promover o turismo para outras nações do mundo. Las Vegas ficou super famosa no passado por seus "power outages" (falta de energia elétrica) o que fez os turistas de alguns países se esvaíssem da cidade. 

O projeto, iniciado em 2008, tinha como objetivo fornecer energia elétrica a mais de 60.000 habitações durante o dia, ou seja, numa fase de maior exigência para a rede elétrica, com base nas estimativas da NV Energy, pelo que o anúncio da cidade de Las Vegas torna-a na maior cidade norte-americana a ser ‘alimentada’ por energia renovável.

A cidade adianta que todos os focos de iluminação, parques públicos, estações de bombeiros e edifícios públicos são assim alimentados por energias renováveis.

Este é o corolário de uma série de medidas que têm vindo a ser tomadas pelas autoridades de Las Vegas para a redução do consumo de eletricidade a partir de métodos fósseis, tendo instalado, anteriormente, painéis solares em edifícios mais altos para aproveitar a elevada exposição solar dos mesmos.

De igual forma, no final de 2017, aquela cidade, lendária pelos seus casinos e onde ‘tudo o que acontece fica lá’ irá passar a receber igualmente energia da barragem Hoover que separa os estados do Nevada e do Arizona.

18 Jornalistas brasileiros que moram nos EUA, formadores de opinião, foram chamados para divulgar o turismo do local e em troca nós ganhamos 1 diária de hospedagem de qualquer um dos hotéis a nossa escola + 1 atração da cidade à nossa escolha (eu escolhi a Manhattan Coaster). Passagens de ida e volta também. 

Eu aproveitei tirei férias e resolvi conhecer Los Angeles, a Disney e para ficar um pouquinho mais por Las Vegas mesmo. Vale lembrar que os outros dias da viagem foram custeados do meu próprio bolso e que todos os passeios que eu e a Taty fizemos foram pagos também por nós. Todas as vezes que eu me proponho a sair de casa para gravar para vocês, principalmente em viagens, eu não economizo, eu guardo dinheiro e viajo e faço, na medida do possível, a maior quantidade de coisas possível, para levar o máximo do lugar que eu estou

Eu não fui autorizada a filmar dentro das propriedades do Governo e nem a divulgar fotos do local. A tecnologia utilizada lá é pioneira e está sendo vendida para outros países que precisam da mesma solução energética. Além disso, nessa mesma oportunidade de conversar com Brian Sandoval que é o atual governador do Estado de Nevada. 

Depois de ficarmos 5 horas no Deserto de Nevada, só queríamos tomar um banho, comer e passear por lá. Tudo o que rolou nesse dia (menos a visita técnica) você encontra no vlog: 


Beijos