Roteiro em Washington D.C. 1 - Com Atrações Gratuitas!
Postado por Carol Capel, no dia 09 May 2017
Oi povo, tudo bem?

Vocês pediram e querem saber como nós nos viramos em Washington então lá vai aquele famoso POSTÃO, com várias dicas de coisas para fazer completamente free!

Washington D.C. está entre as cidades mais caras para se viver, comer e passear nos Estados Unidos. Chegamos a pagar mais de 300 dólares na diária de um hotel para não nos hospedarmos em um pulgueiro qualquer de beira de estrada. Já falei em post sobre o hotel que ficamos, o The Westin, clique aqui para conferir todos os detalhes porque o hotel realmente valia os 300 dólares a diária. Viajando com cachorro então tudo fica mais complicado, porque é tudo mais caro obviamente. Tivemos que pagar também Pet Fee e estacionamento em todos os lugares que passamos, principalmente no hotel. Coisa que você não vê na Flórida. É raro! 

Os principais pontos turísticos de D.C. encontram-se em linha reta, então você pode escolher começar de lá de cima na Biblioteca do Congresso ou pode escolher começar de baixo pelo Memorial Lincoln tanto faz. Apenas saiba que você vai andar MUITO, então sedentários, get ready!




Para ter acesso a qualquer um desses pontos você deverá acessar a linha azul do metrô, a passagem de metrô custou $14.00 (sim quatorze) dólares por pessoa por apenas 1 dia! É MUITO caro, mas vale a pena, porque atravessamos a cidade várias vezes durante esse dia. Quanto mais dias você compra mais barato vai ficando. Mas anyway é caro. 

Eu acho que o ideal aqui, assim como em qualquer outro passeio é acordar cedo, porque principalmente na época que fomos (no inverno), escurece cedo, então assim você aproveita para ver todas as coisas antes do sunset. 


Washington D.C. é uma RETA ou seja, se você está sentado na escadaria do Memorial Lincoln você vê o Capitol e se você está na escada da Congress Library você vê o Memorial Lincoln, é uma cidade planejada onde tudo gira em torno de proteger o palácio do governo e casa Branca de possíveis ameaças. A cidade foi planejada, assim como Brasília. 

Veja nessa foto abaixo, eu estou sentada na escadaria do Memorial Lincoln e lá atrás do Monumento de Washington você vê a pontinha do Capitol. 


Nós optamos por começar pelo meio (nada a ver, eu sei), mas descemos na estação da Casa Branca porque eu estava doida para ver a casa branca.


Bem no dia que estávamos lá houve uma ameaça contra a White House e esse foi o mais próximo que consegui chegar dela, eu jurava que era maior, sério! =S
Decepcionada. 

As ruas no entorno da Casa Branca são todas assim, lindas:



Enfim, demos a volta por trás da White House e fomos em direção ao Memorial Lincoln e paramos no meio do caminho no President´s Park. 



O President´s Park fica logo atrás da Casa Branca e é o lugar onde o Obama costumava fazer seus exercícios matinais. É bem bonito arborizado, limpo e há alguns monumentos por lá também. É também no President´s Park que fica localizada aquela famosa árvore de Natal que aparece todo ano na TV, onde acontece corais e celebrações bem tradicionais nas épocas de Natal.



O fim do President´s Park dá na Constitution Ave que é a rua do Washington Monument, acredite em mim é imenso. Ao entorno do monumento você pode ver as 52 bandeiras, cada uma representando um estado americano. É lindo e você se sente, literalmente, no centro dos EUA. 



É constituído de mármore, granito e arenito.  Foi concebido pelo arquiteto Robert Mills em meados da década de 1840, porém a construção só viria a ser concluída em 1885 por conta do desvio de recursos para a Guerra Civil Americana. Há, inclusive, uma delineação no sombreamento do mármore, visível aproximadamente 150 pés (45 m) acima, distinguindo a porção inicial e a construção definitiva.



Continuando a saga, seguimos para o Lincoln Memorial. É uma caminhada boa até chegar nele, mas o que tem no caminho compensa e tanto. Olha a distância:



Agora mais de pertinho: 



Mais um pouquinho:



Enfim, nunca que chega! Socorro que caminhada longa. 
Entre o Monumento de Washington e o Memorial Lincoln você encontra o Second World War Memorial que é um memorial dedicado às vítimas e heróis da segunda guerra mundial. Além de um enorme espelho d´água simbolizando o oceano e os estados do lado leste e oeste dos EUA. 



Chegamos, cansados, mas chegamos. Mas pera aí fio, não vá pensando que a caminhada terminou que está apenas começando!



Fizemos o contorno no Memorial Lincoln e seguimos apé para o cemitério de Arlington, SIM! Apé. Prepare-se para andar, ou então, vá de carro e fique pagando estacionamento.
Ah Carol e o metrô?
Funciona bem, mas não tem estação pra todos os lados, não é igual New York. 

Vou falar do Cemitério de Arlington no post seguinte. 

Beijos