UM DESABAFO: As Baleias do Sea World Orlando
Postado por Carol Capel, no dia 17 March 2016
Vocês já devem ter visto em vários meios por aí, certo? Que a reprodução em cativeiro do Sea World Orlando não vai mais ocorrer. 

Qual é a diferença então do seu blog Carol Capel? Porque você está postando uma matéria que todos os outros lugares do mundo já postou mais cedo?


Simples, para dizer que eu espero o dia que a exploração de qualquer tipo de animal do mundo, não somente os de parque, não somente os de show, todos, TODOS, espero ansiosamente o dia que as pessoas se conscientizem que o problema não é única e exclusivamente a reprodução em cativeiro. O problema é muito maior. 

Essas baleias por exemplo não tem fim de semana, não ganham salário (não que elas queiram), não tem dia de folga, não tem reconhecimento, não tem nada. Elas apenas são obrigadas a irem lá e ficarem pulando, batendo palminha, mostrando a linguinha, para nós humanos descerebrados aplaudirmos e darmos risada? Você acha isso justo? Eu não acho!

Sem falar nos outros parques cheios de animais enfiados dentro de jaula. A Disney, sim a própria Disney, rainha mãe do entretenimento do mundo, soberana, nada está acima da Disney e nem se compara à ela. A Disney o maior complexo de entretenimento do Globo, muito aclamado por nós humanos anencéfalos. 
No Epcot existe um aquário enorme com espécies enclausuradas, há necessidade? E o Animal Kingdom? 
Qual é a graça de colocar um monte de bicho trancado em ruínas que imitam outros países? Coitadas daquelas criaturas. 

Nunca me esqueço no meu aniversário do ano passado que fomos ao Animal Kingdom e eu tive que sair de lá meio dia, pois estava chorando desconsoladamente graças a um coitado de um Gorila que estava lá com uma cara de pena, sentado, analisando as pessoas que olhavam para ele e tiravam foto. 

Qualquer idiota que prestar atenção no semblante desses animais verá a tristeza que eles estampam em seus olhares.

Qual é o verdadeiro significado em manter uma criatura majestosa daquelas presa?

O homem tem tanto medo dos monstros, dos psicopatas, dos alienígenas, dos meteoros (que podem, a qualquer momento acabar com a vida na Terra), das bestas, dos terroristas, das doenças. Mas é o próprio homem que é predador de si mesmo. 

Porque nós não temos por todos os animais o mesmo respeito que temos pelo nosso cachorro em casa? Em que eles são diferentes? 

Pra mim, o Homem é o único animal perigoso desse mundo e que deveria ser mantido em cativeiro. Esse sim, causa destruição, medo, mágoas, estigmas e desolação. 

Carol Capel