Como Tirar Visto Americano - Versão Atualizada!
Postado por Carol Capel, no dia 29 October 2014
Oi Pessoal, tudo bem?

Durante o mês de Outubro, algumas coisas mudaram no sistema de agendamento de vistos do Consulado Americano, por esse motivo resolvi fazer um novo vídeo ensinando vocês a tirar visto americano.

Vamos assistir?


Agora veja abaixo o passo-a-passo de como tirar passaporte e visto!

Passaporte: 



O Passaporte é um documento emitido pela Polícia Federal e o principal documento na hora de viajar para o exterior. É como se fosse uma “identidade”, porém, usada fora do Brasil – é o Passaporte que identifica o cidadão brasileiro em outros países e permite a entrada e a saída pelos portos, aeroportos e todas vias de acesso internacional, de acordo com a legislação do país.

Como solicitar o Passaporte

Para a emissão ou renovação do novo passaporte brasileiro é necessário que a pessoa preencha a requisição e entregue a Polícia Federal. Há quatro passos necessários para se emitir o passaporte:
1) Efetuar o preenchimento do formulário no sistema da Polícia Federal;

2) Cadastrar todas as suas informações pessoais e as solicitadas pela Polícia Federal;
3) Emitir e pagar a taxa GRU (Guia de Recolhimento da União, taxa obrigatória para todos os que precisam retirar o passaporte);
4) Realizar agendamento no posto da Polícia Federal. Ir munido de todos os documentos necessários.

Documentos necessários para emitir o Passaporte

1. Documento de Identidade, para maiores de 12 anos – que precisa ser autêntico, em boas condições de uso e com data de expedição relativamente recente.

Podem ser aceitos como documento de identidade os seguintes documentos:

- Cédula de identidade expedida por Secretaria de Segurança Pública;
- Carteira funcional expedida por órgão público, reconhecida por Lei Federal como documento de identidade válido em todo território nacional;
- Carteira de identidade expedida por comando militar, pelo Corpo de Bombeiros ou Polícia Militar;
- No caso de renovação, Passaporte brasileiro anterior;
- Carteira nacional de habilitação expedida pelo DETRAN (modelo atual);
- Carteira de identidade expedida por órgão fiscalizador do exercício de profissão regulamentada por lei;
- Carteira de trabalho e previdência social-CTPS.

2. Carteira de Identidade Civil (RG) atualizada e Certidão de Casamento com a devida averbação, se for o caso, para as pessoas que tiverem o nome alterado em razão de casamento, separação ou divórcio.

3. Certidão de Nascimento, caso os menores de 12 anos ainda não tenham Carteira de Identidade.

4. Título de Eleitor e comprovantes de que votou na última eleição (dos dois turnos, se houve).

5. Documento que comprove quitação com o serviço militar obrigatório, para os requerentes do sexo masculino a partir de 01 de janeiro do ano em que completam 19 anos até 31 de dezembro do ano em que completam 45 anos.

6. Certificado de Naturalização, para os Naturalizados;

7. Comprovante de pagamento da taxa por meio da guia GRU (Guia de Recolhimento da União), que deverá ser preenchida pela internet, sendo necessário o CPF do requerente ou responsável, código da receita e da unidade arrecadadora conforme tabela das receitas existentes na própria guia.

8. Apresentar o Passaporte anterior, quando houver (válido ou não). Atenção: a não apresentação deste, por qualquer motivo, implica em pagamento da taxa em dobro.

- O brasileiro que tiver seu passaporte válido inutilizado por qualquer repartição consular ou de imigração estrangeiras, no Brasil ou no exterior (por negativa de visto ou deportação, por exemplo), também poderá requerer um novo passaporte.

Outras informações importantes

- Para estrangeiros residentes, é necessário que primeiro se naturalize.
- Os passaportes requeridos e não retirados no prazo de 90 (noventa) dias serão cancelados.
- Outros documentos poderão ser solicitados caso haja razões para isso.
- A fotografia facial, a coleta biométrica facial da digitais e a assinatura serão feitas diretamente na Polícia Federal.
- Após a verificação dos documentos e de todos os dados da pessoa, a Polícia Federal imprime um protocolo em que constará a data de entrega do Passaporte – geralmente ocorre em 6 (seis) dias úteis.
- No caso de adultos, a validade do Passaporte é de até 05 (cinco) anos.

Visto Americano 


O Visto americano serve para que você consiga entrar nos Estados Unidos. Sem ele você não pode entrar no país. 

Tipo de Visto:

O visto que você deve tirar para conseguir fazer turismo nos EUA é:
B1 - O ” Visto de Visitante a Negócios” é utilizado por pessoas que iniciam negócios nos Estados Unidos. O visto é emitido com base nos méritos individuais do requerente; não há necessidade para a contratação de advogados quando se aplica para um visto B-1. O B-1 permite que um indivíduo estabeleça uma corporação nos E.U.A., adquira propriedade, assine contratos, etc; impossibilita o indivíduo de controlar diretamente o negócio nos E.U.A., ou de alguma maneira receber salários de uma fonte dos E.U.A., mesmo que seja proprietário. O turista B-1 para a categoria de negócios é procurado por pessoas de negócios que vêm aos Estados Unidos para participar de atividades profissionais, negócios ou comércio, relacionados ao seu negócio estrangeiro.

3- Como tirar visto americano?
A quantidade de brasileiros que pretende ir para os Estados Unidos sempre foi muito grande. O país é bastante procurado pelos brasileiros por diversos motivos – entre os mais comuns, negócios, estudos e turismo.

Mas os Estados Unidos exigem o Visto como condição de entrada no país. Para isso, é necessário que a pessoa realize quatro passos para que tenha sucesso e consiga a emissão do Visto.

Passo 1: Preencher, em inglês, o formulário de solicitação de visto DS-160 (disponível no link: https://ceac.state.gov/genniv/). As perguntas estão em inglês, mas basta colocar o cursor sobre elas que aparece a tradução.

O processo é um pouco burocrático. É necessário que ao fim de cada página seja salva o que já tiver sido feito e guardar o número do Application ID para entrar novamente no formulário. Ao terminar o processo, basta imprimir a página de confirmação.

Passo 2: Depois que preencher o formulário, é preciso agendar a(s) entrevista(s). Para isso, cadastre-se no site http://brazil.usvisa-info.com e siga o passo a passo de agendamento. É possível também obter mais informações por telefone – consulte os sites do consulado americano mais próximo de sua região. Tenha sempre em mãos a página de confirmação do formulário DS-160 (com código de barras) e o número do passaporte.

No caso de renovações ou se houver dúvidas por parte do consulado, é necessário que a pessoa entre em contato diretamente com o CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) e com o consulado. O próprio sistema irá informar sobre isso.

No meio do processo, você terá que pagar a taxa obrigatória de Solicitação do Visto (que é mais ou menos US$ 160, no caso dos Vistos de Turismo e de Negócios).

Nem sempre apenas uma entrevista bastará. E quando houver a necessidade de ter que fazer as duas entrevistas, as visitas não podem ser agendadas para o mesmo dia.

Observação: A opção de agendamento para o Consulado aparece antes da opção de agendamento para o CASV, mas a entrevista no CASV tem que ocorrer primeiro. Por isso, escolha sempre para a ida Consulado uma data posterior à da ida ao CASV.

Passo 3: No dia agendado, a pessoa deve ir ao CASV com o formulário, o Passaporte e o comprovante de pagamento da taxa. Serão recolhidas as impressões digitais e será tirada uma foto.
Observação: Por medidas de segurança, não é permitido entrar com bolsas ou mochilas no recinto, e não há local para guardar esses pertences dentro do centro. Vá a entrevista apenas com os documentos.

Passo 4: No dia da entrevista, é preciso ir ao consulado ou à embaixada com o Passaporte e a página de confirmação do formulário DS-160.

Principais Motivos de Negativas!

1) É necessário saber o motivo da negação do Visto. Somente assim, poderá reverter a situação.
2) A falta de vínculos com o nosso próprio país talvez seja o maior motivo da negação do Visto Americano. É necessário que a pessoa comprove que possui renda ou emprego no Brasil, estar cursando uma faculdade ou curso regular, ou qualquer outro vínculo que obrigo o seu retorno ao Brasil.
3) Esquecer ou não entregar a documentação que comprove a sua condição financeira. Este tipo de documento geralmente não é solicitado pelo consulado. Mas é sempre interessante levar extratos bancários, folha de pagamento ou comprovante do imposto de renda, para comprovar este tipo de vínculo.
4) As informações do formulário DS 160 precisam se coerente. Se houver alguma informação incorreta, possivelmente a pessoa não terá o Visto aprovado.


5) Apresentar sinais de nervosismo pode ser um motivo para o agente consular negar o Visto. Muitos agentes testam o requerente fazendo perguntas em excesso ou perguntas repetidas. Pessoas mal intencionadas são identificadas neste processo. Mas aquelas que ficam muito nervosas podem dar a impressão de que escondem alguma informação ou problema. Fique calmo, responda a todas as perguntas pausadamente e não caia em contradição.

Espero que vocês tenham gostado.
Beijos